COMO RESTAURAR (DOWNGRADE) VERSÃO ANTIGA DO WORDPRESS

Você está aqui:

Você acabou de atualizar para a versão mais recente do WordPress, e percebeu que o seu site começou a apresentar problemas ou está completamente fora do ar. Não se desespere! Na maioria das vezes é um problema de compatibilidade com algum plugin ou tema e a nova versão do WordPress. Algumas vezes (raramente) o problema está no próprio WordPress.

Restaurar Versão Antiga do WordPress

A primeira coisa que você precisa é baixar a versão anterior do WordPress que estava funcionando corretamente em seu website. Você pode baixar qualquer versão anterior do WordPress aqui => Lista de Versões Anteriores do WordPress. Escolha a versão .ZIP.

Desative Todos os Seus Plugins

Depois de ter feito o download da versão anterior do WordPress que você deseja restaurar vamos dar inicio ao processo de restauração. A primeira coisa que eu recomendo que você faça é logar no seu painel WordPress e desativar todos os seus plugins.

Desativar Todos os Plugins WordPress

Faça Logout do seu WordPress

Após ter desativado todos os plugins faça Logout (finalize a seção com seu usuário administrador) do WordPress. Não é obrigatório, mas nós queremos ter certeza de evitar qualquer problema ao realizar esse processo delicado e perigoso.

Utilize um Client FTP

Este processo requer um client FTP. Um programa FTP permite que você acesse todos os arquivos do seu site. Eu uso FileZilla como opção pessoal, mas você pode procurar um que lhe agrade mais. É totalmente gratuito e um dos mais utilizados e atualizados. Com o programa instalado vá até sua hospedagem e obtenha os dados de acesso FTP.

Insira os dados de acordo com a imagem abaixo. Algumas empresas de hospedagem utilizam IP ao invés do domínio (ftp.dominio.com), então tenha certeza de verificar os dados disponibilizados pelo seu servidor de hospedagem.

FTP Conectando ao Diretório WordPress

Encontre os Arquivos WordPress

Normalmente você pode encontrar os arquivos do WordPress em uma pasta chamada public_html ou www. Vai variar para cada empresa de hospedagem, então tenha certeza de procurar com atenção. Para ter certeza que você está no diretório correto verifique se você consegue ver 3 pastas de nome wp-admin, wp-content e wp-includes.

Delete os Arquivos wp-admin e wp-includes

FTP FileZilla Arquivos WordPress

Siga esses passos:

  • Delete a pasta wp-admin.
  • Delete a pasta wp-includes.
  • NÃO DELETE A PASTA WP-CONTENT
  • Deixe os outros arquivos. Eles serão substituídos no próximo passo.

Transfira os Arquivos da Versão Anterior do WordPress

Em seu client FTP, procure do lado esquerdo no FileZilla pelo local do seu computador onde você baixou a versão anterior do WordPress. Quando encontrar o arquivo Selecione e Transfira (arraste) tudo EXCETO a pasta wp-content (vide imagem abaixo) arrastando para o diretório do seu servidor onde você deletou as pastas wp-admin e wp-includes.

Dica: Você pode usar a tecla Ctrl do seu teclado para selecionar/desselecionar arquivos um a um.

Transferir Arquivos WordPress para Restauração

Ao arrastar aparecerá um box informando que o arquivo já existe no destino. Clique em “Substituir”, depois em “Utilizar sempre esta Ação” e “Aplicar somente à fila atual”:

Confirmando Substituir Arquivos Existente FTP WordPress

Agora é só aguardar a transferência dos arquivos.

Atualize o Banco de Dados WordPress

Faça o login no seu painel WordPress. Você verá uma mensagem para atualizar seu banco de dados exibido em seu navegador.

Clique em “Update WordPress Database” ou “Atualizar Banco de Dados do WordPress” e clique em continuar para completar o login.

Atualizar o Banco de Dados WordPress

Se a atualização for concluída corretamente você verá essa mensagem:

Atualizacao Concluida

Assim que você tiver feito login, você deve ver o WordPress funcionando na versão que você tiver feito o Download. Parabéns!

Conclusão

Uma palavra da experiência. Eu não recomendo que você utilize versões do WordPress desatualizadas. Várias atualizações vem com paths de seguranças que impedem brechas de seguranças conhecidas em seu website. A probabilidade de você estar vulnerável a um ataque é bem grande.

Was this article helpful?
Dislike 0